TRANSFORMAÇÃO/VIDA

TRANSFORMAÇÃO/VIDA
SOMOS PARTE DO PLANETA

EU SOU O AMOR E A VIDA!

Minha foto

   

   Sou Feliz.Amo tudo q está vivo.Amo o Mar e toda a Natureza.Amo a Vida!!!Amo o Universo...as Estrelas....o Cosmo....Somos Um!!!

   ""Os ventos que as vezes tiram algo que amamos, são os mesmos que trazem algo que aprendemos a amar... Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim, aprender a amar o que nos foi dado.Pois tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre..."BOB MARLEY



EU AMO A NATUREZA E VOCE?

sábado, 12 de março de 2011

JAMES LOVELOCK E GAIA!Parte 4


Por Eduardo Araia


Foto: Shutterstock
A independência de pensamento de Lovelock incomoda muita gente. Os ambientalistas, por exemplo, apreciam a metáfora de Gaia, mas se irritam com a defesa histórica que seu criador faz da energia nuclear – para o cientista, a principal fonte energética do futuro.
A simples menção dessas críticas consegue apagar o luminoso sorriso de Lovelock. “Os biólogos tornaram-se exageradamente belicosos por causa dos repetidos ataques desferidos contra eles pelos criacionistas. Assim que alguma coisa sai do seu padrão de pensamento, eles a interpretam como criacionismo e partem para o ataque. Além disso, fazem-no usando as próprias armas dos religiosos, um pouco como se A Origem das Espécies, de Darwin, fosse a nova Bíblia. Não estou minimamente em desacordo com o darwinismo. Minha teoria o engloba, mas em um nível superior. Um pouco como a teoria da relatividade supera, sem a contradizer, a física newtoniana.”
Mas, assim sendo, o planeta vivo é apenas uma metáfora? “Claro, ele não é vivo como nós ou uma bactéria, e, nesse sentido, é mesmo uma metáfora”, admite Lovelock. “Mas acho que a definição de vida dada pelos biólogos é demasiado restritiva. Afinal, falta a Gaia apenas a reprodução!”
Pode-se apostar que se, em vez de lançar mão do termo Gaia, ele tivesse batizado sua tese de “teoria biogeoquímica”, como lhe fora aconselhado, teria evitado muitos aborrecimentos e gozaria de todas as merecidas honras de grande cientista. Mas, como um Dom Quixote da ciência, o obstinado doutor recusa baixar o tom de seus escritos, não admite a retirada de uma única vírgula e se mantém em permanente disputa com seus adversários. Isso lhe valeu um estatuto original de “cientista independente”, fora das grandes instituições, inteiramente consagrado à defesa e à consolidação de sua teoria – mas não o impediu de publicar em sua carreira mais de 200 artigos, 30 dos quais na Nature, e de fazer várias descobertas importantes. Por exemplo, a do DMS, aerossóis sulfurosos emitidos pelas algas e capazes de esfriar a atmosfera oceânica. Eles constituem um bom exemplo de retroação “à moda de Gaia”: se a temperatura aumenta, as algas proliferam, produzem mais aerossóis... o que, por sua vez, faz baixar a temperatura do oceano.

Nenhum comentário:

936Hz Pineal Gland Activation/Meditação

PENSE NISSO!

PENSE NISSO!
AGRADEÇA O QUE VOCE TEM!

French Documentary - Oceans III - 1080p Eng Subs.avi

WWF

Descubra quanto de Mata Atlântica existe em você!

Amazônia

Loading...

MORFEU E A MATRIX!!!!

MORFEU E A MATRIX!!!!

Por Um Brasil Mais Verde!

Mapa-Mundi da Devastação!

Mapa-Mundi da Devastação!
Nos Quatro Continentes

Extinção e Bio-Diversidade!

O CICLO DO URÂNIO