TRANSFORMAÇÃO/VIDA

TRANSFORMAÇÃO/VIDA
SOMOS PARTE DO PLANETA

EU SOU O AMOR E A VIDA!

Minha foto

   

   Sou Feliz.Amo tudo q está vivo.Amo o Mar e toda a Natureza.Amo a Vida!!!Amo o Universo...as Estrelas....o Cosmo....Somos Um!!!

   ""Os ventos que as vezes tiram algo que amamos, são os mesmos que trazem algo que aprendemos a amar... Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim, aprender a amar o que nos foi dado.Pois tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre..."BOB MARLEY



EU AMO A NATUREZA E VOCE?

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Maria Madalena: “O Portal” – 23.10.2012

Queridos amigos, eu sou Maria Madalena. Vocês me conhecem; minha imagem e meu rosto tornaram-se parte da sua história, e foram distorcidos e desfigurados. Mas vocês conhecem a minha origem, porque vivemos da mesma fonte – o espaço no interior do coração, o Lar da alma. Vocês foram movidos pelo mesmo desejo que tomou conta de mim durante minha vida na Terra; um anseio pela verdade, pelo que é real, pela essência. O desejo de viver a partir da alma, da inspiração, da sua essência – isto é o que importa para cada um de vocês. Viver dessa maneira pode machucar, pode levá-lo às suas partes mais sombrias, porque viver a partir do seu âmago significa que tudo deve ser visto. A Luz precisa brilhar em tudo, para que você possa tornar-se um ser completo em si mesmo. Muitas pessoas estão envolvidas numa luta consigo mesmas, e isto é triste de se observar. As pessoas geralmente vivem de imagens, figuras e conjuntos de regras a respeito de como tornar-se um ser humano bem sucedido, reconhecido e respeitado pelo mundo. Então, sem que perceba, você é levado pelas opiniões e exigências predominantes na sociedade; sente que precisa se ajustar ao modo de pensar da maioria das pessoas para parecer atraente e bom aos olhos do mundo. Isto o afasta da sua essência e, deste modo, desconecta-o de si mesmo. Mas ainda permanece uma voz que lhe diz: “volte-se para dentro, descubra quem você é.”. Nesse espaço aberto, onde não há julgamento, você pode descobrir quem é: suas partes luminosas e sombrias e tudo que você já passou – seus sentimentos, emoções e reações. Amar a si mesmo é admitir esse espaço dentro de você e estar consigo mesmo, observando o que existe ali. Entretanto, a voz que vem de fora volta a falar e, geralmente, ela é a voz do medo, que diz: “seja bom, seja obediente, ajuste-se às normas, não pareça diferente nem estranho aos olhos de outras pessoas”, e mais uma vez você perde o seu diálogo interno e aquele espaço aberto. Você se prende em grilhões; você julga de acordo com os padrões do mundo exterior, da sociedade e, assim fazendo, fere a si próprio. Então, você é empurrado para frente e para trás, entre os chamados do mundo – que muito frequentemente são a voz do medo – e os clamores da sua alma, que o levariam para o seu interior, para a essência de quem você é. E como você pode lidar com essa batalha, esse cabo de guerra entre interior e exterior, entre a essência e o que vem de fora? Ouça a voz do seu coração. Opte por você mesmo, escolha o caminho que você quer seguir nesta vida. Decida fazer isso com toda a sua força, incondicionalmente! Mergulhe nas profundezas, onde o amor real prevalece. Mas saiba esse espaço profundo não tem fundo e pode parecer que você está dando um salto para dentro do abismo, no vazio. Você não será mais sustentado pela aprovação, elogios e reconhecimento dos outros; você se manterá sozinho. Sinta, por um instante, o imenso espaço no centro do seu coração, onde não existe nenhum julgamento, e nenhuma imagem idealizada de onde você deveria estar. A única presença aí é a do Ser, do Ser puro. Você consegue suportar tamanha liberdade, ou prefere manter-se sob as rédeas das normas e valores determinados pelos outros? Você consegue dar esse mergulho nas profundezas? Consegue viver verdadeiramente? A vida o desafia a dar um salto no desconhecido, e isto é amedrontador. Entretanto, restringir-se ao caminho estreito do que lhe é conhecido e não viver plenamente é pior. Assim você se torna escravo dos impulsos que vêm de fora, perde o seu “eu” e não mais se sente feliz. Você só pode encontrar a verdadeira satisfação na vida seguindo o curso do seu coração; seu batimento cardíaco sozinho, que é único no universo, conhece o caminho. Às vezes, quando você se perde, precisa haver um período sombrio, para trazê-lo de volta a si mesmo, para ajudá-lo a lembrar-se de quem você é no seu âmago. Todas as certezas externas caem por terra, enquanto você estiver vivendo de acordo com padrões e ideais externos; você tem a impressão de que tudo está perdido, que você caiu num buraco negro e profundo – e isto é uma sensação horrível! É chamada “A Noite Escura da Alma”… entretanto, é apenas uma passagem. Você está sendo levado para um Portal, um Portal que se abre para algo além, algo maior, uma vista que sua visão usual, condicionada pelo medo e ideias antigas, não pode nem imaginar. Imagine que você está num túnel escuro. Você não pode sequer ver as paredes desse túnel e sente-se rodeado pelo nada. Não há nada de errado com o nada. Ele é a essência; o nada não é nem bom nem mal; é abertura absoluta sem quaisquer pressuposições ou expectativas com as quais você possa contar. Entretanto o nada evoca o medo em você, como se ele fosse destruí-lo. O que o nada realmente destrói são as velhas identidades que você pensava que faziam parte de si. Mas saiba que o que você realmente é não pode ser destruído, não pode desaparecer; é eterno e tão ilimitado quanto o espaço no seu coração do qual falei há pouco. Esse espaço está lá sempre. Imagine que você aceita o nada e a falta de certezas e, ao mesmo tempo, sente sua força e independência. Então, você não está mais preso a este mundo; você está livre nas profundezas do seu ser! Continue imaginando que você está passando por um túnel escuro e, de repente, aparece um Portal à sua frente. Observe o que essa imagem provoca em você… fica com medo do Portal? Ou tem vontade de atravessá-lo? Ele tem portas pesadas e fechadas ou está totalmente aberto, deixando passar a Luz que vem do outro lado? Aceite-o apenas; não precisa fazer nada. Imagine agora que você está diante do Portal e coloque sua mão na frente dele. Permita que a energia do Portal flua através de você. O Portal é o limiar além do qual se encontra o novo, aquilo que a sua alma deseja lhe mostrar… quando você estiver pronto para vê-lo. Ao colocar sua mão no Portal, você se familiariza com o novo, e com aquilo que deseja fluir para dentro da sua vida… num ritmo que lhe seja adequado. Observe se pode receber isso – a energia do novo, a energia do Lar e da sua alma. Permita que ela flua através da sua mão por todo o seu corpo, de um modo que lhe seja agradável – nem muito pouco nem demais. A energia flui pela sua cabeça, seus ombros, seu coração; e vai mais fundo, para seu estômago, sua pélvis, seu cóccix, suas pernas e pés. Se você estiver na Noite Escura da Alma, perceba que existe algo novo esperando por você além do Portal, embora ainda não possa ser visto com os olhos que você tem agora. Com novos olhos, você poderá ver essa realidade do outro lado do Portal. E você desenvolverá esses novos olhos desapegando-se do seu antigo modo de vida, quando deixar de se agarrar às certezas e padrões de sobrevivência aos quais se apegava antes. Como saberá quando está pronto para abandonar o velho? Geralmente isso se dá através de sentimentos de descontentamento, raiva, insatisfação, ou de desespero e desesperança, que indicam que você não quer mais que as coisas sejam do jeito que têm sido. Você poderá estar pensando “Não quero mais estar aqui; não quero mais viver na Terra”, mas na verdade, o que você está dizendo é: “Não quero mais o velho modo de vida, não quero mais as coisas do jeito que elas têm sido”. Entretanto, pode ser que sua mente, por ser formada pelo passado, ainda não consiga imaginar que existam outros modos de ser, e assim A Noite Escura da Alma torna-se desesperada e intensa. Enquanto o velho se dissolve e o novo ainda não chegou, o fato de você estar no seu limite e dentro do túnel o força a fazer uma escolha. Ou você continua seguindo a voz do seu coração e se mantém fiel a si mesmo, ou recua, voltando a dar ouvido ás vozes do exterior – as do medo, do familiar, do passado. Então eu lhe imploro: se estiver vivenciando a Noite Escura da Alma na sua vida, fique com ela, continue indo para dentro de si mesmo e sinta o que existe lá. Se existe medo, incerteza, tristeza ou desespero, não os julgue; fique com eles, não lhes dê as costas. Sua Luz é mais forte do que todas essas emoções, que não são o ponto final, mas um lugar de parada no caminho. Veja o Portal à distância; ele já está lá! Conecte-se com a energia do novo, por meio do Portal. E um dia as portas do Portal se abrirão totalmente – veja isto à sua frente. Talvez seja demais sentir tudo isto agora, mas observe-o por uns instantes à distância. Como será quando o Portal se abrir inteiramente e você caminhar através dele? O que o espera do outro lado? Que sentimentos isso provoca em você? Não precisa atravessar o Portal ainda; esse momento chegará – tudo chegará no momento certo. Mas sinta a promessa dele agora; perceba a beleza da Luz que existe lá; o prazer, a alegria e o conforto de estar lá. Sinta a serenidade da vida lá e rejubile-se, porque esta estrada por onde você está caminhando agora – esta que agora parece uma noite escura que aumenta os seus medos – leva-o para lá! Mantenha essa perspectiva diante dos seus olhos, e seu caminho se tornará mais fácil. Eu o tomo pelas mãos; sinta a minha presença. Toda vez que um Portal se abre, isto nos faz felizes e nos sentimos mais profundamente unidos a todos vocês. Estamos todos conectados uns com os outros, e cada passo que cada indivíduo dá, leva alguma coisa de todos nós para o Todo. Maria Madalena Canalizada por Pamela Kribbe © Pamela Kribbe 2012 www.jeshua.net Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br Publicada por Ser Iluminado em Terça-feira, Outubro 23, 2012 http://bmseriluminado.blogspot.com.br/2012/10/maria-madalena-o-portal-23102012.html

Nenhum comentário:

936Hz Pineal Gland Activation/Meditação

PENSE NISSO!

PENSE NISSO!
AGRADEÇA O QUE VOCE TEM!

French Documentary - Oceans III - 1080p Eng Subs.avi

WWF

Descubra quanto de Mata Atlântica existe em você!

Amazônia

Loading...

MORFEU E A MATRIX!!!!

MORFEU E A MATRIX!!!!

Por Um Brasil Mais Verde!

Mapa-Mundi da Devastação!

Mapa-Mundi da Devastação!
Nos Quatro Continentes

Extinção e Bio-Diversidade!

O CICLO DO URÂNIO